quinta-feira, 15 de novembro de 2012

QUIRIQUIRI - Falco sparverius (American Kestrel)


QUIRIQUIRI - Nome em Inglês: American Kestrel - Nome Científico: Falco sparverius


Esta é uma ave da Ordem Falconiforme da Família Falconidae (Falconideos), que inclui cerca de 60 espécies de aves de rapina, distribuídas em 10 gêneros. Os falconídeos distinguem-se das outras aves de rapina diurnas por matarem a presa com o bico e não com as garras. Para isso, possuem a ponta da parte superior do bico curvada. Conhecidos por Falcões na Idade Média, os falcões eram apreciados como animais de caça acessíveis apenas à elite.

Mede de 23 a 27 cm de comprimento e pesa de 85 a 140 gramas. O macho é cinza azulado no alto da cabeça e asa, enquanto as costas e a cauda são marrom avermelhado, finamente estriadas de negro. Uma larga faixa negra sub terminal na cauda e ponta branca. As partes inferiores são brancas, com pontos negros no peito e barrigas, mais densos nos lados do corpo. Possui um desenho de lágrima, negra, abaixo do olho; uma outra linha vertical no lado da cabeça e um ponto negro na nuca. A fêmea têm as costas e asas marrom avermelhada, com as estrias negras finas, sem o cinza azulado do dorso do macho ou a faixa negra subterminal na cauda. As partes inferiores são de tom marrom alaranjado claro, com riscos finos, verticais e negros, sem o padrão de pontos do macho. O desenho e cores da cabeça são iguais.

Recebe diversos nome, de acordo com a região do país e também conhecido como falcão-americano, falcão-quiriquiri, gavião-mirim, gavião-quiriquiri, gavião-rapina e gaviãozinho. Em inglês seu nome é American Kestrel. É uma das menores aves de rapina das Américas, distribui-se desde o norte do Alasca até a Terra do Fogo sendo encontrado em todo território brasileiro. Habitam áreas de campinas, cerrado, caatinga onde podem ser vistos com certa facilidade. Adaptado a algumas áreas povoadas onde muitas vezes usam edificações como ponto de nidificação. Vivem sozinhos ou em casais, principalmente na época de reprodução. 

Alimenta-se de lagartos e grandes insetos; ocasionalmente, apanha roedores, pequenas cobras e pequenas aves. A presa é capturada e morta no solo, sendo carregada depois para o poleiro. Têm como principais predadores outras aves de rapina maiores e também felinos.

Faz seu ninho em ocos de árvores, cavidades feitas por pica-paus, buracos em barrancos e até em cupinzeiros. A fêmea põe até 4 ovos que choca de 27 a 32 dias. Ocupa áreas semi-urbanizadas, margens de estradas e ambientes abertos, produzidos pela atividade humana. Nas áreas naturais, está na região de campos e de cerrados, evitando as matas, cerradões e formações de vegetação adensada. É muito ativo durante todo o dia, principalmente durante o período de reprodução.

(Clique aqui para ouvir o chamado desta ave)


Esta ave foi avistada na área urbana de Campo Grande - Capital do Estado de Mato Grosso do Sul - Brasil.


"A Natureza é repleta de belezas que encantam as pessoas que nela prestam atenção!" 


©Geancarlo Merighi



Fontes das informações técnicas:
Sites:
http://pt.wikipedia.org (Acesso em 15/11/2012 às 15h)
http://www.wikiaves.com.br (Acesso em 15/11/2012 às 15h)
http://www.avesderapinabrasil.com/falco_sparverius.htm  (Acesso em 15/11/2012 às 15h)
http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/quiriquiri/  (Acesso em 15/11/2012 às 15h)
http://www.flickr.com/photos/flaviocb/sets/72157603859293327/  (Acesso em 15/11/2012 às 15h)









Nenhum comentário:

Postar um comentário